quarta-feira, agosto 03, 2011


"Psicose" (Alfred Hitchcock)



O que falar diante do filme perfeito? O que falar que já não tenha sido dito, escrito, visto, revisto, analisado, decupado? O que falar para não soar repetitivo?

Suponho que o melhor mesmo seja calar essa minha boca-dois (situada na ponta dos dedos), ficar quietinho e simplesmente dizer: revi "Psicose".

Mas não consigo. Tenho essa vontade idiota e incontrolável de dizer para a multidão de 10 ou 12 que visitam o MegaZona semanalmente, ou mais especificamente para os 2 ou 3 que ainda estão lendo este texto chato, que "Psicose" é muito bom. Que não existe um minuto/segundo/fotograma desperdiçado. Que cada enquadramento, diálogo, silêncio ou intervenção da trilha do Bernard Herrmann é sublime, evidenciando uma perfeição irritante.

Mas como tudo isso é chover no molhado, me atenho a algumas reminiscências. Lembro do pavor que senti quando vi "Psicose" pela primeira vez, na TV (é, na TV, porque naquele passado longínquo os filmes em vídeo eram poucos e raros). O fato é que fiquei morrendo de medo do Anthony Perkins. O seu olhar insano ao final do filme me persegue até hoje.

Acho que "Psicose" foi o meu primeiro Hitchcock. E mesmo sendo um piá de bosta, que nada entendia de cinema (não que agora eu entenda), fiquei impressionado com a capacidade do velho gordão de manter o suspense durante todo o filme.

Hoje, após uma recentíssima revisão, só posso dizer que o filme é perfeito. Adoro a cena inicial, os diálogos (todos), o suspense crescente até Marion Crane chegar ao Bates Motel, seus pensamentos em voz alta, imaginando tudo que os outros vão pensar, o momento (e o louco movimento de câmera) quando Arbogast sobe a escada, e ainda a cena em que o carro afunda no pântano e para para que Anthony Perkins transmita, em frações de segundo, medo, angústia, alívio e soberba. Falando em soberba, da cena do chuveiro eu nem falo, de tanto que já falaram dela, com muito mais habilidade e minúcia do que eu.

Só de falar do filme, já dá vontade de revê-lo mais uma vez. E isso é o melhor elogio que consigo imaginar para um filme.

Postado por Nery Nader Jr às 16:11

Follow @MegaZona

 Subscribe in a reader




O MegaZona É Um Blog Feito À Quatro Mãos Por Nego Lee & William Wilson E O Melhor Site De 2005 Segundo Fernanda Takai (Pato Fu)!

Nosso Arquivo: Março 2004 · Abril 2004 · Maio 2004 · Junho 2004 · Julho 2004 · Agosto 2004 · Setembro 2004 · Outubro 2004 · Novembro 2004 · Dezembro 2004 · Janeiro 2005 · Fevereiro 2005 · Março 2005 · Abril 2005 · Maio 2005 · Junho 2005 · Julho 2005 · Agosto 2005 · Setembro 2005 · Outubro 2005 · Novembro 2005 · Dezembro 2005 · Janeiro 2006 · Fevereiro 2006 · Março 2006 · Abril 2006 · Maio 2006 · Junho 2006 · Julho 2006 · Agosto 2006 · Setembro 2006 · Outubro 2006 · Novembro 2006 · Dezembro 2006 · Janeiro 2007 · Fevereiro 2007 · Março 2007 · Abril 2007 · Maio 2007 · Junho 2007 · Julho 2007 · Agosto 2007 · Setembro 2007 · Outubro 2007 · Novembro 2007 · Dezembro 2007 · Fevereiro 2008 · Março 2008 · Abril 2008 · Maio 2008 · Junho 2008 · Julho 2008 · Agosto 2008 · Setembro 2008 · Outubro 2008 · Novembro 2008 · Dezembro 2008 · Janeiro 2009 · Fevereiro 2009 · Março 2009 · Abril 2009 · Maio 2009 · Junho 2009 · Julho 2009 · Agosto 2009 · Setembro 2009 · Outubro 2009 · Novembro 2009 · Dezembro 2009 · Janeiro 2010 · Fevereiro 2010 · Março 2010 · Abril 2010 · Maio 2010 · Setembro 2010 · Dezembro 2010 · Abril 2011 · Maio 2011 · Junho 2011 · Julho 2011 · Agosto 2011 · Setembro 2011 · Outubro 2011 · Março 2012 · Junho 2012 · Julho 2012 · Agosto 2012 · Setembro 2012 · Outubro 2012 · Novembro 2012 · Dezembro 2012 · Janeiro 2013 · Fevereiro 2013 · Março 2013 · Abril 2013 · Fevereiro 2014 ·

Nosso Twitter: @MegaZona

Ou Siga-nos Individualmente:

Follow @NeryJr

Follow @negolee

Nossos Blogs Favoritos: Meditabundas · Blog Da Corporação Fantástica · Liga Dos Blogues Cinematográficos + 665 - O Vizinho Da Besta · Ação E Divagação · Além Do Ponto · Anna Maron · Batata Quente · Catarro Verde · Cláudio Bettega Em Cena · Copy & Paste · De Língua · Epílogo · Filmes Do Chico · Fundo Da Banheira · Ilha De Siris · Insanidade Total · Mau Humor · Meninas De 30 · Nêga Do Leite · No Passeio · O Carapuceiro · O Negativo Queimado · Pensar Enlouquece, Pense Nisso · Perolada · Sad Fucking Song · Salón Comedor · Tá, E Daí · Trash · TudoJuntoMesmo · Uma Dama Não Comenta · Vai Trabalhar, Vagabundo